Páginas

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

FILHAS DE SARA!

Por Renato Pastenes Pires

O apostolo Pedro demonstra como Sara se trajou interiormente com "um espírito manso e tranquilo" (1 Pedro 3.4). Ele diz: "Pois foi assim também que a si mesmas se ataviaram, outrora, as santas mulheres que esperavam em Deus, estando submissas a seu próprio marido, como fazia Sara" (1 Pedro 3.5-6).

Sara se tornou mãe de Isaque (o filho da promessa) e, por consequinte, mãe da nação de Israel. Esta mãe "obedeceu Abraão, chamando-lhe senhor" (1 Pedro 3.6). Tal foi a virtude de Sara que o Eterno a escolheu para ser "princesa". Ele prometeu sobre ela: "eu a abençoarei, e ela se tornará nações; reis de povos procederão dela" (Gênesis 17.16).

O apostolo Pedro afirma que as mulheres cristãs seriam "filhas" de Sara "praticando o bem e não temendo perturbação alguma" (1 Pedro 3.6).

Em nossos dias, é necessário que as mulheres olhem para Sara e siguam seu exemplo. O Eterno deseja levantar mulheres mansas, submissas e que pratiquem o bem. Será uma geração de mulheres que romperá com a rebeldia, a impaciência e o egoísmo que caracteriza muitas mulheres do presente.

Que se levantem as filhas de Sara!

Renato Pastenes Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz. Comente.
Sua opinião é importante.
Obrigada.