Páginas

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Série Salmo 23: Parte 2- O SENHOR É O MEU PASTOR E NADA ME FALTARÁ.


http://1.bp.blogspot.com/_7Abe37ePm38/TAY026llARI/AAAAAAAAAEA/n7XBgXX5W0E/s400/pastor.jpg

Logo após a segunda grande guerra, os exércitos aliados recolheram milhares de crianças desabrigadas e famintas, e as levaram para alojamentos especiais. Ali essas crianças foram alimentadas e tratadas.

Entretanto, à noite, elas não conseguiam dormir bem. Pareciam sempre inquietas e temerosas.

Por fim, um psicólogo descobriu a razão do problema e como solucioná-lo: tratava-se de insegurança. 
Então, eles decidiram que, quando as crianças fossem dormir, receberiam uma fatia de pão para segurarem. 

Aquele pedaço de pão não era para ser comido; deviam apenas segurá-lo. Se demonstrassem desejo de comê-lo, deveriam ganhar outra fatia de pão, mas aquela eles não poderiam comer.

O pedaço de pão produziu resultados miraculosos. As crianças dormiam com a certeza subconsciente de que teriam algo para comer no dia seguinte.

Isto lhes proporcionava um sono tranqüilo e calmo.

No Salmo 23, Davi fala da presença deste sentimento de segurança no coração da ovelha, quando diz: “O Senhor é o meu pastor, nada me faltará.” A ovelha sabe, instintivamente, que o pastor tem reservas para sua alimentação do dia seguinte, pois, se tem provisões para hoje, terá para o futuro também. Então, ela se deita tranquilamente, tendo na mão - falando figuradamente - o seu pedaço de pão.

Como vemos, este salmo não começa com uma petição, mas sim com uma declaração simples de um fato: “O Senhor é o meu pastor, nada me faltará. “Não precisamos suplicar bênçãos a Deus.

Roy Smoth já disse (e outros pensadores cristãos também): “Deus tem as provisões necessárias para atender às nossas necessidades, provisões estas preparadas antes mesmo que tivéssemos necessidade delas.” Antes que começássemos a sentir frio, Deus já havia estocado no subsolo o petróleo, o carvão, e o gás para que pudéssemos nos aquecer. Ele sabia que iríamos sentir fome, e por isso, antes de criar o homem, Deus tornou fértil a terra e colocou a vida dentro de cada semente. “Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais”, disse Jesus. (Ver Mateus 6:8)

A maior parte de nossas preocupações é com o dia de amanhã, como aconteceu àquelas mulheres que se encaminhavam para o túmulo de Cristo.

Elas não puderam apreciar as belezas daquele sol matinal e das flores que ladeavam a estrada. Estavam preocupadas com a questão de quem lhes removeria a pedra da porta do sepulcro. Ao chegarem lá, viram que ela já estava removida.

Em outra passagem (Sl 37:25), vemos o comentário de Davi: “Fui moço, e já, agora, sou velho, porém jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão.” Pensando bem, nem eu. Você já viu?

Toda espécie de vida vem de Deus. Isto inclui a minha vida também. Deus cuida das aves do céu e da erva do campo. E Jesus nos pede para notarmos que se Deus faz tanto por um simples pássaro e por uma flor silvestre, quanto não fará por nós? (Mt. 6:25,34)

O apóstolo Paulo disse o seguinte: “E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir em Cristo Jesus cada uma de vossas necessidades” (Fp. 4:19). Davi expressa a mesma idéia aqui neste verso: “O Senhor é o meu pastor, nada me faltará.” Nesta crença, podemos trabalhar e viver hoje sem nos preocuparmos com o amanhã.

A Psiquiatria de Deus -
Fórmulas Seguras para se conseguir
manter a saúde mental e espiritual
Charles L. Allen


Um comentário:

Faça um blogueiro feliz. Comente.
Sua opinião é importante.
Obrigada.